sexta-feira, 14 de junho de 2013

Capítulo 3 - Amizade x Amor

Após um mês de relacionamento bem-sucedido, Enzo e Daniel resolveram comemorar o primeiro mês de namoro no lugar mais significativo para eles desde o primeiro dia em que se conheceram, a lanchonete "Snack".

- Lembra quando a gente vinha aqui quase todo dia? - disse Enzo enquanto se deliciava com um generoso pedaço de bolo.
- Lembro sim, eu nem percebia as horas passarem enquanto a gente estava aqui! - respondeu Daniel, e, depois de se inclinar sobre a mesa para chegar mais perto de Enzo, continuou - Eu poderia passar o dia todo conversando contigo se não tivesse as aulas para nos interromper! - ele riu e prosseguiu - eu tenho certeza que já era apaixonado por ti desde aqueles dias, mas não conseguia perceber as coisas dessa forma.
- Que bom que percebestes logo então! - Disse Enzo em meio a risos - Porque eu tive que ficar muito tempo calado sobre como eu me sentia em relação a ti, esperando por aquele dia em que irias notar que eu estava completamente apaixonado pelo meu melhor amigo!

Nesse momento, Daniel segurou a mão de Enzo em cima da mesa, olhou bem fundo em seus olhos e disse:

- Eu te amo Enzo! E para marcar o nosso primeiro mês de namoro eu quero te dar isto, - Daniel retirou da mochila uma caixinha contendo um cordão com um pingente em forma de duas mãos unidas - Esse pingente simboliza a nossa união, que vai além de um simples namoro, pois, acima de tudo, és o meu melhor amigo, o que te faz ainda mais especial pra mim.


Enzo não conseguiu nem falar por alguns instantes, de tanta emoção, de modo que somente pegou o cordão das mãos de Daniel e colocou no pescoço. Quando terminou de colocar o cordão, ele olhou novamente para Daniel e disse:

- Desde a primeira vez que eu pisei nessa universidade,  apesar de ter conhecido muitas pessoas na semana do calouro, a única pessoa que realmente me chamou a atenção foi você, não somente porque você é um gato - ele riu e continuou -, o que você realmente é, mas também porque você tem o dom de me fazer querer passar horas ao seu lado, me faz sentir especial e me faz querer fazer o tempo parar quando nós estamos juntos - enquanto Enzo também retirava da mochila uma caixinha ele continuou - eu também, coincidentemente, te comprei um cordão, e o significado deste pingente em forma de infinito é o tempo que eu espero que a nossa relação dure! Eu também te amo Daniel!


A comemoração do primeiro mês de namoro de Enzo e Daniel foi muito agradável, tranquila e prazerosa, apesar de não poderem ter se beijado, visto que ainda estavam tentando manter segredo em relação às outras pessoas, principalmente Frida, com quem ainda não tinham conversado a respeito do namoro. Porém, quando Daniel foi deixar Enzo em casa, após a comemoração na "Snack", os dois ainda permaneceram algum tempo no carro, aproveitando a oportunidade para darem o tão desejado beijo de comemoração, que foi seguido de muitos outros. Quando estava se despedindo de Daniel, Enzo disse:

- Eu mal posso esperar pelo dia em que eu vou poder te apresentar para os meus pais como meu namorado! Eles já te adoram como meu amigo, imagina a reação quando descobrirem que estamos namorando!

- Eu prometo que faremos isso em breve amor - os dois pararam de falar por um instante quando Daniel disse isso, pois aquela era a primeira vez que ele chamava Enzo daquela forma.
- O que você disse? - Enzo mal conseguia conter a sua alegria.
- Eu disse AMOR - Daniel enfatizou bastante a pronúncia - é isso que você é pra mim - então ele começou a corar, puxou Enzo mais perto e lhe deu um beijo - Agora boa noite amor! Durma bem!
- Obrigado amor! pra você também! me liga quando chegar em casa tá?

Depois disso, os dois se despediram com um beijo e se dirigiram às suas respectivas casas.
No outro dia, Daniel, como de costume, buscou Enzo em casa para irem à aula. Quando chegaram na UFTU, Daniel acompanhou Enzo até a sala de aula e, depois, seguiu para a sua sala.
Quando Enzo entrou na sala de aula, se dirigiu até uma cadeira ao lado de Frida, que o aguardava ansiosamente para conversar.

- Oi amigo! A Juliana disse que te viu ontem na "Snack" com o Daniel! Por que não me convidaram?
- Ah, é verdade - ele tentou parecer o mais tranquilo possível -  porque foi uma coisa de improviso, ele disse que queria conversar algumas coisas comigo e a gente marcou de se encontrar lá.

- Entendi! coisas de homem né! - ela riu - mas me fala, ele comentou alguma coisa de mim? como é que ele tá? ele conheceu outra pessoa?
- Frida, eu não quero comentar sobre o Daniel, porque eu sou muito amigo de vocês dois e fica uma situação chata pra mim.
- Tudo bem amigo, desculpa! Você tem razão, mas é que eu ainda penso nele às vezes sabe!



Enzo tentou desviar a conversa daquele assunto, pois não queria mentir para Frida, embora não pudesse contar a verdade ainda, sem o consentimento de Daniel. Então ele começou a falar sobre algumas matérias que eles estavam cursando naquele semestre para que ele pudesse manter a conversa com a amiga, sem ter que mentir ou distorcer informações para preservar o sigilo do seu namoro com Daniel. Porém, ele desejava fortemente que eles pudessem contar a verdade a Frida o mais breve possível.

5 comentários:

  1. Olha o meu discípulo ai, isso mesmo continue escrevendo, você verá que com o tempo fica melhor e melhor e melhor. abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim espero, obrigado pelo incentivo!
      Abraços.

      Excluir
  2. Cara estou ficando cada vez mais curioso, estou adorando ler as duas histórias que você escreve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, espero que continue acompanhando!
      Abraços.

      Excluir
  3. ah como eu queria comemorar um mês com alguém...

    ResponderExcluir

O que você achou?
Dúvidas? Opiniões?