quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Capítulo 1 - Descobrindo Sentimentos (cont.)

Tentando disfarçar o susto que tinha levado, Daniel responde:

- Oi amor!! Você me assustou!
- Verdade Frida!...Eu com certeza estou muito assustado! - disse Enzo um pouco agitado.
- Me desculpem! - disse Frida rindo - mas eu estou esperando na sala faz algum tempo!
- Eu sei amor, mas eu estava contando algumas coisas para o Enzo - disse Daniel tentando se justificar - e não percebi que tinha passado muito tempo.
- É verdade! - disse Enzo tentando ajudar - o lanche já está até pronto.
- Tudo bem, eu vou esperar na sala então! Mas não demorem! - disse Frida se encaminhando para a sala - e me contem o que vocês estavam conversando, estou curiosa.
- Nós já vamos amor, pode esperar! - disse Daniel antes dela ir embora.

Quando Frida se retirou da cozinha, eles finalmente podiam respirar aliviados.

- Meu deus, nós quase fomos pegos - disse Enzo ainda assustado.
- Olha, a gente precisa conversar melhor - disse Daniel voltando ao assunto.
- Não! faça o que eu disse e esquece isso! - disse Enzo desviando o olhar.
- Não...eu não posso...
- Vamos voltar para a sala - disse Enzo interrompendo - ela está nos esperando!
- Espera Enzo - disse Daniel segurando o braço de Enzo - eu tenho uma coisa importante para dizer...eu...eu - mas ele não conseguia finalizar a frase.
- Vamos Daniel, seja o que for, apenas diga! - disse Enzo tentando encorajá-lo, apesar de temer o que ele imaginava que Daniel fosse dizer.
- Eu acho que eu te amo desde a primeira vez que te vi! - disse Daniel de uma só vez, como se ele não fosse conseguir dizer lentamente.
- O que? O que queres dizer? Por que estás dizendo isso? - Enzo simplesmente não conseguia processar aquela informação.
- Eu não sei porque agora - Daniel tentou se explicar de forma mais clara para Enzo - mas há um tempo que eu me sinto diferente quanto à tua voz, teu rosto, teus olhos, tua boca - Daniel estava mais leve por dizer aquilo e continuou - no começo eu me senti muito estranho e não entendia, além disso comecei a namorar a Frida - nesse momento Daniel se aproximou um pouco mais de Enzo - mas hoje, aqui nessa cozinha, eu me senti tão bem! Eu te quero tanto que...
- Não faz isso comigo, por favor! - disse Enzo interrompendo e se afastando de Daniel - Nós não podemos ficar juntos, então simplesmente não começa a me dar esperanças.
- Mas nós podemos - Daniel tentou se aproximar novamente de Enzo - eu quero estar contigo, eu sempre gostei muito de ti.
- Desculpa - Enzo se afastou novamente de Daniel - Eu simplesmente não posso!
- Enzo, - Daniel resolveu dar espaço a Enzo, porém falou olhando fixamente para ele - me diz que queres estar comigo também, por favor!
- Não - Enzo não conseguia olhar para Daniel e começou a falar baixo como que para si mesmo - Eu não quero ser a "outra" pessoa.
- Então que sejas a "única" pessoa - disse Daniel decidido e ainda olhando fixamente para Enzo - Eu prefiro falar a verdade para a Frida! eu sei que ela vai entender depois, embora ela fique com raiva primeiro!
- O que?! - disse Enzo surpreso - é claro que não! - ele era totalmente contra e estava muito confuso sobre o que sentia naquele momento - eu não quero ser a razão para vocês terminarem! Não! - reafirmou - absolutamente não!
- Eu acho melhor! - disse Daniel encurtando a distância entre eles novamente - eu estou me sentindo tão bem nesse momento! como eu jamais tinha me sentido antes, mesmo com a Frida! - Daniel continuou andando em direção a Enzo - Por favor, diga que queres ser a minha pessoa especial!
- Não - Enzo estava cada vez mais nervoso com a conversa e com a aproximação de Daniel - e as outras pessoas? os teus pais? - Enzo não conseguia mais raciocinar, então foi embora - desculpe, eu preciso ir!
- Espera Enzo! Qual a tua resposta? - Disse Daniel enquanto Enzo saia da cozinha.

Enzo deixou a cozinha muito nervoso. Quando passou pela sala em direção à porta, Frida percebeu o seu nervosismo e perguntou:
- Ei Enzo, estás bem? Onde estás indo?
- Surgiu um problema! E preciso ir! - Enzo mal conseguia olhar para Frida, apenas disse isso e foi embora - Desculpa, a gente conversa depois!


Enzo deixou a casa de Frida muito nervoso e confuso. Ele passou a noite toda pensando no que havia acontecido naquela cozinha.

2 comentários:

  1. Nossa! To curioso pra saber o desenrolar dessa historia, que aflição...!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tão emocionante! Mexeu comigo...

      Excluir

O que você achou?
Dúvidas? Opiniões?